Uncategorized

Ativistas LGBTs destroem dezenas de empresas em Portland: “homenagem” a travesti que se suicidou

Rio de Janeiro, 22 de novembro de 2020

CLIQUE AQUI E SIGA QUEM A HOMOTRANSFOBIA NÃO MATOU HOJE? NO FACEBOOK

Um rastro de destruição foi deixado por ativistas LGBTs na cidade de Portland, Oregon, EUA. Os ativistas escolheram a noite de 20 de novembro, data em que é celebrado o Dia da Memória Trans, para lembrar a morte de Otis Michael “TeTe” Gulley Jr.

Otis se suicidou em maio de 2019, por enforcamento.

Bem, isto é o que consta no atestado médico expedido pelo legista e também nos relatórios de investigação policial. Alguns ativistas afirmam, entretanto, que Otis na verdade foi assassinado por ser transexual.

Na noite do dia 20 dois grupos formados por dezenas de ativistas LGBT atuaram em dois pontos distintos de Portland. Segundo o jornalista Andy Ngo, foram 27 empresas entre bancos e lojas depredados.

Andy é homossexual, e é também um recorrente crítico da forma como ativistas LGBTs manipulam as informações afim de tornar toda morte de homossexual em um caso novo de crime de ódio: o mesmo tipo de fraude que é denunciado frequentemente por esta página em relação a pesquisas brasileiras comandadas pelo Grupo Gay da Bahia ou pela Universidade Federal do Rio de Janeiro é também observado por Andy no que diz respeito aos dados norte-americanos.

LEIA TAMBÉM: LESBOCÍDIO: contra a censura, mais informação

1 comentário

  1. Na sua visão, todo crime homofóbico é falso. Vive num mundo ilusório, onde gays e trans não sofrem preconceito, apanham ou morrem e que denúncias são leavadas a sério, acredita mesmo que ela se matou? Alice.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s